© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

15/05/2018

O setor de concentrados de cannabis apresenta uma evolução contínua nos mercados legais de maconha. De acordo com um levantamento da BDS Analytics, entre janeiro de 2015 e novembro de 2017, houve um aumento considerável no consumo de concentrados em relação ao de flores em estados americanos onde a cannabis recreativa é legal - em Washington, por exemplo, o crescimento da venda de concentrados foi de 64%, enquanto o de buds foi de 21% no mesmo período. A disparidade...

04/05/2018

O Instituto de Regulação e Controle da Cannabis (IRRCA) do governo do Uruguai divulgou um levantamento que aponta que mais da metade dos consumidores uruguaios recorre aos meios legais de consumo da erva - seja o autocultivo, o cultivo em cooperativas ou clubes, ou a compra em farmácias, que foi liberada em julho do ano passado.

"Até dia 5 de abril de 2018, há 34.108 pessoas autorizadas a acessar a maconha de forma regulamentada. São 23.161 pessoas que compõem o cad...

26/04/2018

Elisa Pabon, estudante de doutorado, e Harriet de Wit, professora do departamento de psiquiatria e neurociência comportamental da Universidade de Chicago, apresentaram o protótipo do aplicativo "Am I Stoned?" durante a conferência sobre Biologia Emergente na Califórnia, que ocorreu entre os dias 21 e 25 de abril. O projeto pretende avaliar os efeitos da cannabis na capacidade cognitiva dos consumidores e determinar quando eles estão realmente chapados. 

O aplica...

05/03/2018

Comer maconha. Falando assim, essa não parece lá uma boa ideia. Talvez porque remeta à repressão de um enquadro (que não tem um amigo que teve que comer o baseado em uma batida policial?), ou talvez porque a maconha prensada, mais comum por aqui, não desperte o apetite. O fato é que existem muitas maneiras e, principalmente, fins para o consumo individual de cannabis. Há os que buscam a brisa, há os que buscam alívio da dor, há os que buscam suas propriedades nutric...

03/03/2018

A CB Insights, empresa de banco de dados para empreendimentos de capital de risco nos Estados Unidos, lançou um levantamento que aponta as principais direções às quais os empreendedores do mercado de cannabis no país devem estar atentos. Serviços personalizados, foco na saúde e automação de processos são algumas tendências que têm potencial para mudar os rumos da formação do mercado legal de maconha no país. Saiba mais sobre cada uma delas a seguir:

Serviço...

28/02/2018

Um relatório elaborado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) no ano passado registrou que pelo menos 2,3 milhões de pessoas morrem anualmente no mundo todo por problemas relacionados ao consumo de álcool, que também é causa de 4,4% das doenças globais. O relatório aponta que a substância está ligada acidentes de trânsito, queimaduras, afogamentos e quedas (25,5%), ao suicídio (11%) e à cirrose hepática (10,2%), por exemplo. Inimigo do fígado, o álcool danifica dir...

06/02/2018

A boa nova veio do procurador de San Francisco, George Gascon, que anunciou que seu escritório removerá condenações que datam a partir de 1975 de pessoas presas por delitos pequenos relacionados à cannabis e reavaliará crimes cujas penas podem ser reduzidas - foram identificados 3.038 registros que devem ser limpos e mais 4.094 condenações que serão revisadas só no escritório de Gascon. "Queremos abordar os erros que foram causados ​​pelos fracassos da guerra contra...

Estão abertas as inscrições para o webinar gratuito sobre empreendedorismo canábico criado pelo studio Ganja Talks. Apresentado por João Paulo Costa, fundador do Ganja Talks, do aplicativo Who is Happy e da empresa Bilva Elemental, que produz o terpeno Da Lata, o webinar tem como objetivo desvendar as principais características e tendências do mercado da cannabis em países como Estados Unidos e Canadá, mostrar oportunidades e novas profissões geradas pelo movimento...

O terpeno Da Lata, lançado no Brasil na última segunda (29), é um blend de terpenos 100% puros, sem nenhuma outra substância, que reproduz perfil aromático da genética Thai, a variedade canábica encontrada nas latas que apareceram boiando na costa do Brasil há 30 anos – e que marcaram a história da maconha por aqui.

A Thai é uma landrace, ou seja, uma variedade de cannabis que se desenvolveu naturalmente ao longo dos séculos em um ambiente particular e, de maneira es...

A strain Thai, encontrada nas latas de maconha que aportaram na costa sudeste do Brasil há trinta anos, no Verão da Lata, teve seu perfil de terpenos estudado pela empresa canadense Bilva Elemental, que desenvolveu uma tecnologia para, usando terpenos extraídos de outras sementes, raízes, flores, folhas e madeiras, recriar o aroma amadeirado e doce dessa sativa. O terpeno Da Lata, livre de canabinóides, será comercializado no Brasil a partir de hoje, 29 de janeiro,...

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM