© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Argentina está perto de legalizar a maconha medicinal

10/21/2016

 

Em tempos de crise econômica assolando nossa querida América Latina, boas notícias ainda nos restam quando o assunto é o desenvolvimento canábico na Argentina. Após notícias de que um povoado distante 450 km a sudoeste da capital Buenos Aires aprovou, por meio do conselho local, uma resolução onde a cannabis com fins medicinais poderia ser cultivada, o Congresso Nacional está levando à cabo a discussão em nível nacional.

 

Na cidadela de General La Madrid, médicos, pacientes, professores e até policiais deram  início a um projeto coletivo para o cultivo da erva com finalidade de tratamento de epilepsia refratária e outras doenças.

 

Na mesma semana em que 2500kg de maconha foram apreendidos na cidade de Formosa, província de Buenos Aires, o Congresso debateu pela primeira vez a legalização da cannabis para fins medicinais.

 

A principal fala dos defensores da legalização da erva foi feita por um grupo de mães que desde o ano passado se articula para importar óleos à base de cannabis para tratamento de seus filhos e filhas. As organizações Cameda e Mamá Cultiva, duas das principais articuladoras do movimento ativista canábico na Argentina, foram encarregadas de representar a ala favorável ao cultivo legal, além de agentes públicos e representantes políticos tanto da situação quanto oposição.

 

O projeto de lei proposto pelo Cambiemos, mesmo partido do presidente Mauricio Macri, a partir da comissão de Segurança do interior, dá conta da distribuição gratuita de óleo de CBD a quem se cadastrar em um registro nacional para o benefício, similar ao que acontece com os remédios para HIV no Brasil. O problema estaria na obtenção do óleo, já que a maconha continuaria ilegal, e conseqüentemente seu plantio. Para as mães das duas organizações, a solução é o autocultivo, algo que já acontece de maneira velada no país.

 

Ainda que em processo de debate, a Argentina avança a passos largos para uma mudança significativa na legislação do país. Em outras cidades como Bariloche, já existem organizações que apoiam o cultivo caseiro e auxiliam pacientes de variadas enfermidades no processo de obtenção de medicamentos ou na plantação de espécimes, mais um indício de que mudanças na América Latina podem ser aguardadas para os próximos anos.

 

 

Fontes: http://www.eldiaonline.com/hallaron-mas-2500-kilos-marihuana-cajones-zapallitos/

http://www.nodal.am/2016/10/argentina-avanza-el-proyecto-para-la-legalizacion-del-cannabis-con-fines-medicinales/

http://www.lanacion.com.ar/1884090-general-la-madrid-el-pueblo-argentino-que-se-unio-para-cultivar-marihuana-medicinal

http://www.rionegro.com.ar/sociedad/la-medicina-cannabica-se-afianza-en-bariloche-KB276905

Imagens: internacional.elpais.com/ ; rionegro.com.ar/

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM