© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

2017 pode trazer mais mudanças para a cannabis nos Estados Unidos

12/08/2016

 

Passadas as eleições presidenciais e referendos nos Estados Unidos, os estados americanos que ainda não apresentaram nenhum tipo de mudança legislativa começam a se movimentar no sentido de novas proposições de regulamentação da cannabis.

 

Depois que Califórnia, Nevada, Massachusetts, Maine, Flórida, Dakota do Norte, Arkansas e Montana legalizaram a cannabis de forma recreativa ou medicinal, outros lugares começam a entrar nos holofotes da legalização no país norte americano.

 

O estado de Vermont, que faz fronteira ao sul com Massachusetts, esteve perto de legalizar a maconha durante as eleições do mês passado, porém, os legisladores vetaram a medida S. 241, por medo de que a legalização trouxesse uma piora na crise de opioides vivida no estado. Com a legalização nos estados vizinhos acontecendo, é possível que os governantes de Vermont, juntamente com os ativistas que apoiam a medida S. 241, cheguem a um consenso sobre as mudanças na lei na próxima fase de votação de projetos, que começa em 4 de janeiro do ano que vem.

 

Outro estado que também está na mira da legalização é Rhode Island. Já existe na localidade um programa de reciprocidade para com pacientes de cannabis que são de fora do estado. Rhode Island é reconhecido por ser um dos lugares com mais consumo de maconha por adultos nos Estados Unidos e desde 2013, grupos ativistas tentam passar medidas que regulem a erva recreativa e medicinalmente.

Também influenciado pela legalização em Massachusetts, o governo de Rhode Island, através da governadora Gina Raimondo, disse que analisará as propostas canábicas com mais detalhe e cuidado.

 

Outro caso envolve o estado de Delaware. A maconha já é legalizada de forma medicinal, porém, só existe um dispensário para atender a demanda de todo o estado, que é ligeiramente maior do que Rhode Island. Estima-se que 61% dos moradores de Delaware sejam a favor da legalização, o que pode levar a uma mudança nos próximos anos.

 

É interessante notar que, após as eleições, os lugares que mais foram influenciados pelos resultados nas urnas se encontram na costa leste dos Estados Unidos. Com a costa oeste completamente legalizada, a maconha começa a avançar em outras regiões a passos acelerados, mostrando que, assim como 2016, 2017 pode ser também um ano de mudanças importantes para  a população, para as leis americanas e por fim, para o mercado da cannabis.

 

 

Fontes: https://www.leafly.com/news/politics/what-states-are-most-likely-to-legalize-cannabis-next

https://www.greenrushdaily.com/2016/11/28/states-legalize-recreational-marijuana-next/

Imagens: dailychronic.net/; ibtimes.com/; ganjapreneur.com/

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM