© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Comércio de cannabis cresce na fronteira entre China e Coréia do Norte

12/19/2016

 

As fronteiras entre Coréia do Norte, China e Rússia andam movimentadas pelo crescente volume de comércio ilegal de cannabis na China. O local é conhecido como Rason, uma zona especial econômica norte-coreana.

 

Inusitadamente, a erva é orginária do rigoroso país comunista. Visto que a Coréia do Norte não criminaliza a maconha, seu preço é bastante barato, o que faz com que turistas chineses e de outros países vizinhos comprem a yeoksam, como a cannabis é chamada pelos norte-coreanos, visando altas margens de lucro.

 

De acordo com a RFA (Radio Free Asia), a venda de maconha se tornou uma saída para fazendeiros norte-coreanos com poucos recursos para ganhar algum dinheiro e incrementar a renda. Do outro lado do comércio, estão viajantes chineses que se valem dos preços baixos e levam a maconha até a China para venderem a preços exorbitantes.

 

Por conta do isolamento norte-coreano, a população do país não havia se dado conta até pouco tempo atrás de que era possível ganhar dinheiro com a cannabis, pelo fato da planta crescer em praticamente todo o território do país e também pela falta de informação da população sobre outros lugares do mundo.

 

Na Coréia do Norte, a maconha é classificada como uma oleoginosa, com valores econômicos e alimentares, visto que o governo regulamentou a cannabis para solucionar uma crise de falta de óleo para cozinhar. Desde 1980, quando o então líder Kim Il-sung regulamentou a planta, a cannabis cresce livremente nas cidades norte-coreanas.

 

Fontes:http://hightimes.com/culture/tourists-are-stocking-up-on-super-cheap-weed-in-north-korea/

http://www.rfa.org/english/news/korea/chinese-tourists-businesspeople-load-up-on-pot-during-trips-to-north-korea-12072016161219.html

Imagens: vice.com/; krahun.com/; Lochfoot - High Times

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM