© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

CBD pode inibir crescimento de células cancerígenas, aponta estudo

01/02/2017

 

 

O CBD pode ser o carro-chefe da evolução medicinal da cannabis. Em meio a polêmicas e controvérsias com o governo americano, depois que o DEA decidiu reclassificar a substância - que não é psicoativa e não causa dependência - como Anexo I, categoria usada para classificar drogas que possuem elevado grau de dano à saúde e sem valor medicinal, o CBD cada vez mais desempenha um papel fundamental para o tratamento de adultos, e principalmente crianças.

 

Estudos indicam que o CBD pode ser altamente eficaz para a redução de células cancerígenas, além de tratar enfermidades como Mal de Parkinson, Alzheimer e epilepsia refratária, particularmente em casos pediátricos. 

 

Uma equipe de pesquisadores do California Pacific Medical Center, um instituto de pesquisas médicas em São Francisco, obteve resultados bastante positivos sobre a relação entre o CBD e a inibição de células agressivas de câncer de mama em ratos, o que pode ajudar no desenvolvimento de medicamentos e tratamentos futuros.

 

Já o pesquisador e médico Guillermo Velasco, da Universidade Complutense de Madrid, na Espanha, explica que para fazer efeito de maneira mais eficaz, o CBD precisa ser administrado em conjunto com o THC e outros componentes da cannabis, "a maconha funciona como remédio se for usada a planta toda. O THC é o componente que mais ajuda no combate às células cancerígenas. Estão dando muita atenção somente ao CBD, mas compostos que levam somente o CBD, sem o THC são como pastas de cânhamo" afirma Velasco.

 

Embora os resultados sejam animadores, ainda são necessários muitos estudos para descobrir com precisão  como o CBD, THC e outros componentes ativos da maconha interagem com os receptores do organismo humano. Outros problemas encontrados por pacientes são o alto custo dos medicamentos e a falta de precisão na dosagem de cada caso específico. 

 

 

Fontes: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/20859676

https://www.leafly.com/news/strains-products/what-cannabis-strains-are-high-in-cbd

https://www.washingtonpost.com/national/health-science/a-powerful-new-form-of-medical-marijuana-without-the-high/2016/12/29/81bbf7c0-b5b2-11e6-b8df-600bd9d38a02_story.html?utm_term=.80915bf16f04

https://www.leafly.com/news/health/how-effective-is-cbd-on-its-own

Imagens: cbdalliance.com/; hightimes.com/; leafly.com

 

 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM