Maconha milenar é encontrada em região da Bíblia

Arqueólogos encontraram vestígios de maconha e incenso em altares religiosos de uma região bíblica de Israel, conhecida como Reino de Judá

 

 

Sabemos que a maconha é uma das plantas de poder mais antigas da humanidade. Os primeiros registros sobre a planta datam de 8000 anos a.C, ou seja, muito antes de existir a guerra contra as drogas. Em Israel, pesquisadores encontraram novas evidências de que os nossos antepassados usavam a ganja de forma ritualística. 

 

Uma equipe de arqueólogos do Museu de Israel foi fazer uma expedição em Tel Arad, no vale Beer-sheba, a região é próxima do Reino de Judá, uma região conhecida na bíblia cristã. Enquanto analisavam as estruturas de dois altares do séculos 8 a.C, eles encontraram restos de materiais orgânicos solidificados.

 

Após enviar os materiais coletados para uma análise em laboratório, eles descobriram que havia incenso e maconha entre os restos encontrados. A cannabis e o incenso tinham uma cor escura quando foram analisados e estavam em cima de dois altares de calcário que estão em um santuário da região. Também foram encontrados traços de fezes e gordura animal nas substâncias.

 

No caso da maconha, os pesquisadores acreditam que ela foi misturada com fezes animais para facilitar o aquecimento. Já o incenso, foi misturado com gordura animal para ajudar na evaporação dos aromas e, provavelmente, é originário da Arábia. Ou seja, indicando que a sociedade fazia comércio com o Reino de Judá.

 

É a primeira vez que a maconha é identificada no Antigo Oriente Próximo; seu uso no santuário deve ter desempenhado um papel central nos rituais culturais realizados lá”, disse Eran Arie, a chefe de pesquisas do estudo.

 

É certo que o incenso e a maconha representavam um papel importante para as práticas naquele santuário. Isso também revela que a maconha já estava sendo usada como um psicoativo em rituais há muito tempo, possivelmente em outros cultos na região bíblica de Judá.

 

Originalmente, os pesquisadores já haviam realizado testes com as substâncias, porém, foi após um método moderno de análise de resíduos orgânicos que eles descobriram a verdadeira origem do material.

 

Fonte: Taylor & Francis Group




 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square