Maconha, uma nova medicina para os animais

A maconha já é usada para fins medicinais pelos humanos há muito tempo. Agora, há um novo mercado que deseja usar a cannabis para ajudar a tratar dores e doenças em animais

 

 

Há dezenas de pesquisas que indicam diversos benefícios do uso do CBD em humanos. A substância é retirada da maconha e funciona como medicação para vários problemas, como ansiedade, estresse, inflamações, problemas de pele, artrite, entre outras condições. E, recentemente, diversos estudos apontam que esses benefícios também pode ser levados para os animais.

 

É importante lembrar que o CBD é muito diferente do THC, que é a substância responsável pelas sensações mentais e mais sensoriais. Enquanto isso, o CBD tem capacidades medicinais de combater inflamações, doenças autoimunes, aliviar dores, entre outros benefícios. A ingestão de maconha em animais pode ser fatal, já que os altos níveis afetam o seu sistema. Nunca dê cannabis de forma pura para o seu cachorro e sempre consulte um veterinário antes de fazer qualquer decisão.

 

De acordo com uma pesquisa realizada em Israel, o CBD pode ajudar no tratamento de diversas doenças em animais. Os estudos estão sendo realizados pela Weedley, uma fabricante e distribuidora de produtos à base de canabidiol para animais. Em um dos testes com a substância, eles trataram um cavalo que sofria com uma condição de pele e a melhora aconteceu rapidamente. Em duas semanas, a pele do animal começou a melhorar e cortaram o uso de esteróides.

 

"Vimos até que ponto os animais respondem às guloseimas e óleo de CBD. Vimos como um cavalo reagiu às gotas de óleo de CBD. O cavalo tomava esteróides há mais de dois anos para tratar uma condição nervosa da pele e, após duas semanas de uso de nosso produto, não apenas a condição da pele melhorou, mas o esteróides foram retirados do cavalo. Nosso objetivo é pesquisar e desenvolver produtos de CBD no mais alto nível para melhorar realmente a qualidade de vida dos animais”, disse o chefe de inovação da Weedley, Ben-Mordechai.

 

 

E, claro, esse não é o único estudo relacionando o uso da cannabis com o tratamento eficaz de animais. Em 2019, a Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, publicou um estudo sobre a eficácia do CBD no alívio de dores em pacientes caninos -- eram receitadas até 2 miligramas, duas vezes ao dia, para tratar um cachorrinho.

 

Esse movimento está crescendo tanto que a Associação de Cannabis Medicinal de Israel requisitou para o governo a permissão de uso de CBD em animais. De acordo com a associação, 50% dos cães que vivem em abrigos de adoção no Sul de Israel sofrem com sintomas de ansiedade, como diarréia e vômito. Isso acontece por conta do sons de sirenes e explosões que acontecem na Faixa de Gaza, estressando todos os animais nas regiões próximas. Infelizmente, o projeto ainda não conseguiu a aprovação do governo.

 

Em diversas cidades ao redor do mundo já existem animais pacientes de cannabis. Nos Estados Unidos, esse cenário está se tornando comum em alguns estados. A veterinária Stephanie McGrath é uma das pesquisadoras mais conhecidas dessa área, ela conseguiu fazer diversas descobertas em seus estudos. 

 

Por exemplo, McGrath realizou diversos testes para entender como a CBD deve ser administrado em cachorros e os resultados indicaram que o óleo ainda é a melhor forma. Além de alcançar altas concentrações de CBD no sangue, o óleo permanece mais tempo na corrente sanguínea e consegue criar um ciclo maior de recuperação em diferentes tipos de cães. Mas, é claro, também há contra indicações.

 

"Eu definitivamente ficaria um pouco preocupada em dar CBD a um cão que tenha problemas de fígado", disse McGrath. Acontece que o CBD é processado no fígado e ele poderia sobrecarregar o funcionamento do órgão. Infelizmente, ainda não há estudos suficientes para entender todas as reações que a cannabis pode causar em animais, mas a comunidade científica continua em busca dos benefícios dessa planta milagrosa.

 

Fontes: NoCamels e CNET



 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square