© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

OMS afirma que maconha é relativamente segura

06/13/2018

 

 A Organização Mundial de Saúde se reuniu em Genebra, na Suíça, para a primeira revisão sobre a segurança do consumo da cannabis e suas propriedades medicinais. A agência global de saúde emitiu um relatório e se prepara para fazer uma recomendação à Organização das Nações Unidas, a ONU, sobre a “necessidade e nível de controle internacional” sobre a cannabis, que ainda é amplamente proibida pelos tratados internacionais sobre drogas.

 

O relatório aponta que a maconha é "relativamente segura" e que milhões de pessoas a consomem como terapia para uma diversidade de condições médicas - além disso, a OMS sugere que as pesquisas sobre a planta, apesar do interesse público crescente, são comprometidas pela proibição. "Há também questões relacionadas à qualidade, quantidade e tipo de produto disponível a partir da atual fonte federal única de cannabis para uso em pesquisa e a falta de fontes de financiamento adequadas", observou o relatório. 

 

Em relação ao desenvolvimento da cannabis medicinal, a OMS destaca uma série de benefícios, ancorados em dados empíricos, que a maconha pode trazer a pacientes que sofrem de várias condições: a estimulação do apetite e ganho de peso, o poder analgésico, a melhora na capacidade motora e o alívio de náuseas e vômitos foram  alguns exemplos abordados. 

 

 

O relatório completo está disponível online na página da OMS

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM