© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

A ciência por trás da larica

05/09/2018

 

Um dos principais efeitos que caracterizam o consumo de maconha é a fome, às vezes quase incontrolável, no período pós-ritual. Na famosa larica, vale tudo: combinações excêntricas, sabores singulares, quantidades extravagantes. Mas, qual a relação entre a cannabis e o apetite? A resposta, como quase tudo que envolve a planta, é mais complicada do que parece. Sabe-se, por exemplo, que nem todas as variedades canábicas têm o poder de despertar o apetite - algumas strains, conhecidas como “skinny weed”, ou "skinny pot", como Durban Poison, Blue Dream, Malawi Gold e Maui Wowie, não trazem esse efeito (que, em alguns casos, é mais que bem-vindo).

 

A relação entre apetite e a cannabis foi foco de um grupo de neurocientistas da Escola de Medicina da Universidade de Yale, que analisaram como o cérebro responde à cannabis em camundongos. O que eles descobriram, em 2015, é um mecanismo no qual a cannabis engana os neurônios que regulam a saciedade (POMC), lançando um interruptor bioquímico que afeta totalmente sua função, gerando mais fome. 

 

"Ao observarmos como o centro do apetite do cérebro responde à maconha, fomos capazes de ver o que impulsiona a fome provocada pela cannabis e como esse mesmo mecanismo que normalmente desliga a alimentação se torna um fator de consumo", afirma em um comunicado Tamas Horvath, presidente da Seção de Medicina Comparada de Yale e um dos autores do estudo. 

 

Outra questão ligada à larica tem a ver com o receptor CB1, que é ativado pelo THC, o princípio ativo da maconha. Em uma pesquisa publicada na revista Nature em 2014, testes com camundongos sugerem que estimular os receptores CB1 com THC  causa um efeito que aumenta a sensibilidade aos odores e, portanto, o apetite.  

 

Embora mais pesquisas sejam necessárias para confirmar as descobertas, elas são particularmente interessantes para o viés medicinal da cannabis, já que o conhecimento sobre essa relação pode ajudar pacientes que precisam melhorar o apetite durante seus processos de tratamento. 

 

Saiba mais em:

 

The Cannabist

Herb

 

 

 

 

  

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM