© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Consumo de cannabis entre jovens permanece estável no Colorado

07/23/2018

Quatro anos após a regulamentação da cannabis para fins recreativos, o estado do Colorado, nos Estados Unidos, não viu o consumo da planta aumentar entre jovens, de acordo com a pesquisa Healthy Kids Colorado, divulgada na semana passada pelo Departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente do governo estadual. De fato, a taxa de uso de maconha por menores de 21 anos continua estável, em 20%, de 2013, quando a cannabis ainda era ilegal, até 2017, quando o levantamento foi feito. A porcentagem também corresponde à média nacional de consumo de cannabis entre jovens. A pesquisa bienal Healthy Kids Colorado é realizada em escolas de ensino fundamental e médio em todo território estadual e apoiada pelo Departamento de Educação, de Serviços Humanos e de Segurança Pública do estado. 

 

O estudo, por outro lado, revelou aumento no consumo de concentrados com alto teor de THC e de comestíveis por jovens, o que representa grande risco, já que pesquisas apontam os malefícios do consumo recreativo de cannabis para o desenvolvimento cerebral. “Prevenir os jovens de usar maconha é uma prioridade em todo o estado”, disse o governador John Hickenlooper em nota oficial. "Embora o uso não tenha aumentado, estamos trabalhando para educar os pais e os filhos do Colorado sobre os riscos de saúde e legais do uso de maconha por menores de idade".

 

O estado investe em uma série de campanhas de educação pública, como a "Responsibility Grows Here" (em português "a responsabilidade cresce aqui"), que pretende evitar que jovens consumam maconha, além de incentivar os adultos a fazerem isso de maneira legal e responsável. Turistas, grávidas e lactantes também estão na mira da iniciativa. 

 

Entre os adultos, o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco Comportamental aponta que o consumo aumentou de 13,6%, em 2016, para 15,5% no ano seguinte, sobretudo na faixa etária entre 18 e 34 anos. A frequência é maior: o uso diário de cannabis subiu de 6,4% em 2016 para 7,6% em 2017. O levantamento mostra ainda que, embora os buds in natura ainda sejam a forma de consumo mais popular, houve um crescimento de 5% no número de pessoas que compraram alimentos e bebidas infundidos. "O mercado de maconha no Colorado está evoluindo", afirma o Dr. Larry Wolk, diretor executivo do Departamento de Saúde do Colorado. “Nosso trabalho é garantir que aqueles que escolherem usar maconha o façam com segurança e responsabilidade.”

 

Saiba mais em:

 

Departamento de Saúde Pública e Meio Ambiente do Colorado

CBS Denver

 

 

 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM