Testes de controle aumentarão custo da cannabis na Califórnia

12/29/2018

 

As taxas de exames laboratoriais para controle de qualidade da cannabis impostas pelo governo da Califórnia aumentarão em até 55% o custo para cultivadores, assim como para fabricantes de concentrados e produtos infundidos licenciados, de acordo com o Marijuana Business Daily. As novas exigências da regulamentação da cannabis no estado entram em vigor a partir de  31 de dezembro.

 

De acordo com a mudança, produtos canábicos ou com compostos da maconha na fórmula devem ser testados para metais pesados e micotoxinas, toxinas criadas por mofo. Produtos cujos rótulos incluem  terpenos também estarão sujeitos a testes terpenoides, enquanto comestíveis, bebidas com infusão e inaláveis estarão sujeitos a outros testes, como o que mede a quantidade de água disponível neles. 

 

Embora o custo para empresários do ramo aumente entre 40 e 55% por conta das novas exigências, o governo estadual afirma que o esforço para introduzir padrões de teste mais rigorosos para produtores e fabricantes visa garantir a qualidade dos produtos canábicos aos consumidores. 

 

Produtos já fabricados antes de 31 de dezembro podem ser vendidos se atenderem aos requisitos anteriores às novas regras estipuladas. 

 

Saiba mais em:

Marijuana Business Daily

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square