© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Facebook afrouxa bloqueio de buscas sobre cannabis

10/15/2018

 

Até poucos dias atrás, era quase impossível encontrar no sistema de busca do Facebook páginas e posts relacionados à cannabis, já que a empresa filtrava esse tipo de conteúdo para evitar a violação da política da rede social, bem como o comércio ilegal. Isso mudou na última semana, quando o Facebook anunciou que encerrará um bloqueio de meses sobre resultados de busca relacionados a cannabis em sua plataforma.

 

O anúncio coincide com a abertura do mercado canábico legal no Canadá, que se inicia na próxima quarta-feira, dia 17 de outubro. Em entrevista ao site Market Watch, Sarah Pollack, porta-voz da empresa afirma que  "estamos trabalhando constantemente para melhorar nossos resultados de pesquisa para minimizar a oportunidade de as pessoas tentarem vender drogas ilícitas, enquanto exibimos conteúdo permitido no Facebook  relevante para o que você está pesquisando. Ao pesquisar 'cannabis' ou 'maconha', as páginas cuja autenticidade foram verificadas serão incluídas nos resultados de pesquisa". 

 

Antes do anúncio, eram bloqueados em resultados de busca páginas e perfis que tivessem ligação com a maconha, desde a Ontário Cannabis Store, uma loja virtual administrada pelo governo de Ontário, no Canadá, até o Departamento de Controle de Cannabis da Califórnia, nos Estados Unidos, por exemplo. Grupos e organizações não-diretamente relacionadas à planta em si também eram invisíveis, como o Marijuana Policy Project e a National Cannabis Industry Association, ambos americanos. Alguns tipos de conteúdo, porém, continuam na mesma política de bloqueio, assim como outros tipos de substâncias.

 

"Está na hora de o Facebook alcançar a maioria dos americanos que pensam que a maconha deve ser tratada como um produto legal", disse Mason Tvert, porta-voz do Marijuana Policy Project, um grupo de defesa sem fins lucrativos, ao Market Watch. “Uma crescente maioria dos americanos acha que a maconha deveria ser legal, e um número crescente de países e estados a estão legalizando. Acho que é um grande desenvolvimento e uma jogada sensata do Facebook, já que está tentando se reconectar com a comunidade on-line e desativada de várias maneiras”, conclui. Sob a nova política do Facebook, empresas com uma marca de verificação azul ou cinza confirmadas serão exibidas nos resultados da pesquisa, mesmo que em seus nomes constem as palavras Marijuana, Cannabis ou similares.

 

Saiba mais em:

Market Watch

Marijuana Business Daily

 


 

 

 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM