© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Torneio de jiu-jitsu promove normalização da cannabis no esporte

10/03/2018

 

Mês passado, atletas de jiu-jitsu se reuniram em uma arena esfumaçada em Compton, Estados Unidos, para lutar por algumas gramas de cannabis. A High Rollerz BJJ é uma competição de Brazilian Jiu-Jitsu que estimula os atletas a fumarem a planta antes das lutas. E, em vez de ganhar o prêmio em dinheiro, os vencedores de cada divisão recebem como premiação um quilo de cannabis de alta qualidade.

 

A ideia é de "Big" Lonn Howard (guarda-costas de Wiz Khalifa) e "Mighty" Matt Staudt Jr, que possuem em comum uma paixão por artes marciais e cannabis. Como todas as inovações clássicas de usuários da erva, o torneio surgiu de uma conversa entre os dois amigos enquanto eles compartilhavam um baseado. O evento foi um sucesso tão grande que, quando anunciaram o segundo torneio, que aconteceu no dia 9 de setembro, as entradas esgotaram em poucas horas. Antes do início do evento, a maioria dos atletas se reúnem em uma área de aquecimento para alongar e compartilhar alguns baseados. O objetivo dos idealizadores do evento é unir responsavelmente os atletas de elite e a cannabis, contribuindo para quebrar o estigma dessa incrível substância através dos exemplos.

 

Este é o único torneio que celebra abertamente o uso da planta, porém o uso de cannabis não é algo novo no mundo dos esportes de combate. O episódio mais notável aconteceu em 2015, quando a Comissão Atlética de Nevada (NAC) puniu o atleta Nick Diaz com uma suspensão de 5 anos e uma multa de US$165 mil, após um exame acusar níveis excessivos de THC na circulação sanguínea do lutador.

 

Staudt não está muito preocupado se os órgãos governamentais vão mudar as regras do torneio. Para ele, o High Rollerz é sobre educar o público em geral, unificar a comunidade e refazer a imagem do maconheiro drogado. "Há muita vergonha associada a isso, então algumas pessoas que poderiam realmente se beneficiar, podem não consumir por medo ou desinformação", disse ele em entrevista à DOPE Magazine. “Eu vejo que muitas companhias de cannabis patrocinam festivais de músicas e coisas do tipo, e isso para mim não a desestigmatiza. Eu quero realmente mudar a maneira como as pessoas olham para a planta”.

 

Saiba mais em:

High Rollerz BJJ

DOPE Magazine

 

Imagens: Divulgação | High Rollerz BJJ

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM