© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Estudo analisa a relação dos Millennials com a cannabis

01/16/2019

 

A geração dos Millennials, pessoas que nasceram entre 1980 e o início dos anos 2000, é alvo de atenção de marcas e empresas, que se esforçam para encontrar um padrão de comportamento e comunicação com esses consumidores. No mercado legal de cannabis, não é diferente.

 

Pensando nisso, a empresa americana Brightfield Group conduziu um estudo com 1200 pacientes de cannabis medicinal na Califórnia, dos quais quase metade pertenciam à geração Millennial. Além de gastar cerca de US$ 100 por semana em maconha e produtos derivados (quase 20% a mais do que consumidores de outras gerações gastam e mais do que costumam gastar semanalmente no mercado), os Millennials também parecem ser conscientes com o que consomem: enquanto um terço diz que provavelmente faria uma pesquisa prévia na internet antes de comprar produtos de cannabis, 26% dos entrevistados certamente fariam isso. 

 

Quando o assunto é qualidade, a escolha por produtos orgânicos é alta, e quase 40% dos Millennials concordariam em pagar mais por cannabis cultivada organicamente. Para consumidores acima de 55 anos, por exemplo, o que importa é a consistência e a segurança do produto - 40% dos Baby Boomers mostram disposição para pagar mais por produtos testados em laboratório.

 

A preferência por edibles também pode ser destacada neste grupo, já que 40% dos entrevistados afirmaram que comestíveis de cannabis são sua primeira escolha entre a grande variedade de produtos canábicos no mercado. 

 

Saiba mais em:

Brightfield Group

 

 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM