© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Como se preparar para criar um plano de negócios verde?

07/03/2018

 

A elaboração de um plano de negócios pode ser determinante para o sucesso de um empreendimento - o planejamento e a organização dos valores, conceitos, ideias e procedimentos que regem uma empresa são os pilares para a construção de um projeto promissor, sobretudo quando o projeto em questão é relacionado à polêmica cannabis. 

 

A legitimação de um negócio canábico é fruto não apenas de um produto ou serviço revolucionário, mas de como a marca se posiciona. Em um trecho do livro "Start Your Own Cannabis Business", Matt Gray, fundador e CEO do Herb, um dos mais influentes veículos de comunicação sobre cannabis, afirma que “as pessoas não compram o que você faz, elas compram porque você faz isso. Não importa se você é um dispensário, um produtor ou uma marca de produto, o mais importante para o consumidor é saber que você se importa”. Nesse contexto, algumas questões precisam ser definidas antes de botar a mão na massa. Confira, abaixo, passos importantes que devem ser levados em conta na hora de preparar um plano de negócios verde: 

 

Missão 

 

Antes de mais nada, vale a auto-avaliação: por que entrar no mercado da cannabis? O que quero realizar e por quê? Há algum propósito maior? O resultado dessa profunda reflexão é a missão da sua empresa - seja promover o debate sobre a cannabis, incentivar a redução de danos aliada ao consumo ou beneficiar pacientes que buscam tratamentos com a planta. 

Quanto mais relevante e tangível, melhor.  

 

Manifesto

 

A partir daí, você tem a base para criar outra ferramenta importante para seu plano de negócios: o manifesto. Esse documento é a essência dos objetivos e filosofias de seu projeto empreendedor, é a declaração da importância de sua marca para clientes, funcionários, fornecedores, investidores e a comunidade. Outras questões que você deve ser perguntar nessa etapa são: quem é meu público-alvo? Que imagem pretendo passar? Que nível de serviço quero prestar? Como eu me diferencio dos meus concorrentes?

 

É importante levar em conta, nos dois casos, a realidade do mercado em que sua empresa estará inserida, para evitar que tanto sua missão quanto seu manifesto sejam, de alguma forma, contraditórios às leis vigentes sobre a cannabis. Isto garantido, é hora de finalmente estruturar o plano.

 

Um plano de negócios deve apresentar uma visão geral do mercado e incluir a missão de sua empresa, assim como os benefícios que seu projeto pode trazer, tanto para investidores quanto para a comunidade. De acordo com o autor do livro "Start Your Own Cannabis Business", a estrutura típica desse documento inclui o sumário executivo, que é um resumo curto e atraente do projeto, a descrição completa do produto/serviço, incluindo detalhes sobre a produção e sua viabilidade, análises da indústria e dos concorrentes, com base em fatos e dados, estratégias de venda e de marketing, planejamento de gestão e de operações e, finalmente, projeções financeiras realistas, com base em pesquisas. 

 

Saiba mais em:

Green Entrepreneur

Start Your Own Cannabis Business, by Javier Hasse

 

 

 

 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM