© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Strains terpenadas: variedades cheias de aroma

01/08/2018

Embora o universo dos terpenos canábicos tenha muito a ser desvendado, através de pesquisas e desenvolvimento, uma coisa é certa: "o aroma e sabor são o primeiro caminho pelo qual growers, breeders e consumidores identificam determinada strain da planta", afirma o escritor Jim Rendon no livro Super Charged: How Outlaws, Hippies and Scientists Reinvented Marijuana. De fato, para além de ampliar as sensações e os efeitos terapêuticos da erva, os terpenos nos ajudam a conhecer melhor as variedades de maconha através dos sentidos.       

 

O vídeo abaixo, produzido pela Leafly, explica os terpenos de maneira bem resumida: 

 

Mas, quais strains são mais potentes em terpenos? 

 

Há pelo menos 140 terpenos encontrados em variedades canábicas. Cada strain possui seu próprio perfil de terpenos, por isso cada tipo de maconha tem seu aroma próprio. Alguns, porém, são mais presentes na planta, como o mirceno, responsável pelo aroma característico que todo mundo reconhece. 

 

O nível de terpenos em cada variedade canábica é calculado em % em relação a sua massa. A Ghost Train Haze, uma genética dominante sativa que conquistou a High Times Cannabis Cup em 2012 e 2014 e está entre as mais potentes (seu nível de THC pode chegar a 25%), possui também o maior nível de terpenos, também de acordo com a publicação High Times: 6,46%, sendo que os principais são o terpinoleno e o mirceno. Outra conhecida dos adoradores das potentes sativas é a landrace africana Durban Poison, que, com níveis de THC que variam entre 15% e 25%, possui 6,35% de terpenos, sendo o mirceno e o terpinoleno também os mais comuns. 

 

Entre as variedades ricas em CBD mais aromáticas, a Cannatonic 4, da Herbal Solutions/Plant 42morrow apresentou níveis de terpenos de 4,26%, enquanto a Cali Cure, da Hermosa Seeds, aparece logo atrás, com 4,22%. Nas duas cepas, os terpenos mais presentes são o mirceno e o alfa-pineno. 

 

Se tiver mais dúvidas sobre os terpenos, suas características, sua relação com a cannabis e seu consumo, acesse o estudo gratuito Terpenos: A Evolução da Cannabis, elaborado pela empresa Bilva Elemental em parceria com o Ganja Talks e o aplicativo Who is Happy. Para quem já leu o estudo, elaboramos uma pesquisa para reunir os feedbacks e construir, de forma colaborativa, uma versão 2.0 do material. 

 

Saiba mais em:

 

www.terpeno.net

www.hightimes.com/grow/the-best-tasting-buds-on-earth-2017/

www.wikileaf.com/strain/ghost-train-haze/

www.thecannabist.co/2014/05/06/ghost-train-haze-marijuana-review-strain-theory-cannabis-cup-u-s-sativa-winner/11213/

www.westword.com/marijuana/why-colorado-tokers-love-ghost-train-haze-8834445

www.leafly.com/news/cannabis-101/terpenes-the-flavors-of-cannabis-aromatherapy

 

Foto destaque: Justin Cannabis | High Times 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM