© 2017 by GanjaTalks

  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Summit GTU propôs debates sobre empreendedorismo canábico

09/24/2018

 

No último sábado (22), alunos do Ganja Talks University foram convidados a participar do segundo evento presencial do projeto, o Summit GTU, que reuniu profissionais de várias áreas do mercado canábico brasileiro para trocar uma ideia sobre as perspectivas da indústria legal por aqui. No espaço de coworking Vivei.ro, na Vila Madalena, cerca de cinquenta pessoas acompanharam palestras e debates conduzidos por João Paulo Costa, criador do Ganja Talks. "Foi uma noite inspiradora, onde todos estavam movidos pelos mesmos objetivos: troca de conhecimento e fortalecimento da comunidade empreendedora canábica e, claro, do movimento", afirma ele. 

 

No primeiro bate-papo da noite, Alexandre Perroud, pioneiro no empreendedorismo canábico no Brasil, compartilhou com o público sua trajetória à frente da Ultra 420, a primeira head shop do País, e falou sobre como a inovação e vanguarda devem fazer parte do DNA de uma marca. "Eu tenho um sonho que muitos de vocês compartilham, que é morar em um país mais justo, com leis iguais, pessoas tendo direitos humanos e civis, coisa que ainda está engatinhando ainda", afirma Alexandre. Vending machines, novos produtos e branded content também foram temas abordados na conversa.

 

No campo da cannabis medicinal, Viviane Sedola, CEO da Dr. Cannabis, que conecta pacientes a médicos e empresas que produzem, revendem e prescrevem canabinoides de forma legal no Brasil, fez o pitching da sua empresa, que pretende ser referência em inteligência de mercado e conteúdo sobre cannabis na América Latina. Viviane também falou sobre a campanha de equity crowdfunding da Dr. Cannabis, que permite que brasileiros comuns possam investir no projeto por uma cota mínima de R$ 1000. 

 

O evento contou com a participação de Dave Coutinho e Celso Junior, da Smoke Buddies, referência em comunicação canábica, para falar sobre as dinâmicas e os desafios da produção de conteúdo sobre cannabis no Brasil. 'A gente diz que a Smoke Buddies é um megafone da cena canábica. Então a gente propaga a informação, propaga uma ideia, propaga um conceito novo para a nossa rede de usuários", explica Celso. Os buddies também falaram sobre seus associados, influenciadores e especialistas em cannabis que contribuem para trazer pluralidade e propriedade à voz do veículo. "O influencer nada mais é do que um consumidor, ele não é a marca. Ou seja, não é a marca que diz que o produto é bom, mas um usuário - e o consumidor final quer saber a verdade", completa Dave. 

 

A advogada Lorena Otero, associada co-fundadora da Associação Canábica Serra da Mantiqueira, por sua vez, conversou com os participantes sobre a situação jurídica da cannabis no País e deu dicas valiosas a empreendedores que estão em fase inicial - como, por exemplo, evitar razões sociais com termos que fazem referência, de alguma forma, à planta. "Para você inovar, resolver um problema, para você colocar uma inovação no mercado e fazer diferença, você precisa viajar. E idealizar não é crime nenhum", afirma a advogada. 

 

Por fim, o summit GTU abriu espaço para que os alunos do Ganja Talks University apresentassem seus projetos. Pablo Cesar Pierucci, aluno da primeira turma de Empreendedorismo Canábico, compartilhou sua ideia, mind meal_, uma produtora que está desenvolvendo um documentário sobre o mercado de cannabis no Brasil, com foco em uma estética impecável e jornalismo de qualidade. "O que queremos como mind meal_ é amadurecer o nível da discussão, fazer uma produção áudio visual que leve a mensagem do mundo canábico de um forma elegante visualmente.", conta o aluno.    

 

Sobre o Ganja Talks University

 

O Ganja Talks University visa a profissionalização e o desenvolvimento de profissionais em mercados canábicos que estão passando por grandes transformações. "Acreditamos que o compartilhamento de informações sobre a cannabis é essencial para a legalização e a regulamentação da maconha ao redor do mundo e, sobretudo, para a criação uma cadeia de profissionais engajados e ligados, que trocam informações e criam oportunidades, serviços e produtos de maneira colaborativa e humana", afirma João Paulo Costa, idealizador do projeto. 

 

Com mais de cem alunos ao redor do mundo e dois cursos, Empreendedorismo Canábico e Extrações sem Solventes com Marcus Bubbleman, a proposta do Ganja Talks University é oferecer um conteúdo que vai além das aulas online, nos mais diferentes campos de conhecimento sobre a cannabis, e inclui entrevistas exclusivas com os principais profissionais do mercado, análises de cases de sucesso, dicas práticas, webinars, eventos, mentoria e um material de apoio completo. 

 

  

Please reload

gt-banner-quadrado-volta-ao-mundo.gif

destaques

Please reload

nas redes sociais

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

INSTAGRAM